“As Mágoas que Magoam”, do autor Amilton Conté. O livro é composto por 44 poesias.

 

Amilton Conté nasceu no dia 27 de janeiro de 1981, num pedaço de terra situado em Guiné-Bissau; apaixonou-se desde muito novo pela poesia, a partir da escrita da autora Florbela Espancada.

 

Lançado recentemente pelo Grupo Editorial Atlântico, com o selo Poesia Impossível, Amilton Conté, autor do livro “As Mágoas que Magoam” nos presenteia com poesias de cunho reflexivo, tratando de assuntos profundos e necessários para a formação de um ser pensante e sensato.

“A vós do poeta nunca cessa minha herança!

Quando as lágrimas entornadas na injustiça

Têm um som ou tom de suplicante esperança

De um dia transformar dores em emoção”

⠀

O autor, com sensibilidade e destreza, conversa com o leitor sobre assuntos como o amor, a morte, o preconceito, a dor da saudade, a solidão, entre tantos outros; São assuntos que se fazem presentes no dia a dia do ser humano, claro que, na vida de alguns com maior intensidade, mas sem jamais deixar de tocar de forma profunda e real qualquer pessoa.

Amilton escreve com a alma, faz transbordar em palavras sentimentos que criam raízes e nos faz olhar ao redor de forma diferente, de forma mais empática e transformadora.

⠀

É sabido que muitas pessoas não têm tanta afinidade ainda com o gênero, mas, é certo que, assim que você embarcar em “As Mágoas que Magoam”, vai perceber que poemas, poesias e sonetos, são muito mais do que meras palavras ditas ou escritas, eles nasceram para alcançar nossa alma e ressignificar a nossa existência.

⠀

✨”O poeta é um pouco perdido como vós afirmastes

Louco! Que vive alimentando-se do seu inconsciente

Imaginações essas que alimentam a sua alma triste”

⠀

O livro encontra-se disponível em formato físico e digital! Não deixe de conferir!